Tecnologia da Geosoft integrada nas pesquisas do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo

O Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP), um dos principais centros de ensino e pesquisa de geofísica no Brasil, tem uma rica história que se estende por mais de 120 anos. Desde a década de 1970, os programas de pós-graduação do IAG, em Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, formaram 550 mestres 21 pós-doutores. Em matéria de pesquisas, o IAG tem contribuído com um grande volume de conhecimento capturado em centenas de artigos publicados em revistas internacionais.

Além do ensino teórico em sala de aula, que prepara os alunos a raciocinar e lidar com diferentes cenários geofísicos, o grupo de pesquisa geofísica do IAG (GEOLIT) trabalha com uma ampla variedade de projetos de pesquisa, da exploração mineral e de petróleo e gás, à tectônica de larga escala. O grupo também realiza cursos de curta duração para apresentar conhecimentos teóricos em métodos potenciais e radiométricos.

Ao longo dos anos, a tecnologia Geosoft tornou-se parte integrante do programa de ensino e desenvolvimento de pesquisas do grupo GEOLIT. Vinicius Louro, geofísico desse grupo, explica por quê: "A versatilidade da plataforma Oasis montaj nos permite aplicar o software quando se trabalha com métodos potenciais, radiométricos, geoquímica e geologia. É rápido, interativo e acima de tudo muito confiável.”

O software da Geosoft vem sendo usado há mais de dez anos pelo grupo GEOLIT, de modo que o aprendizado da equipe na aplicação do software foi concomitante ao contínuo desenvolvimento da plataforma. “Com treinamento básico inicial, cada estudante e pesquisador da GEOLIT se tornou proficiente no uso do Oasis montaj” conta Louro, “e nós estamos continuamente aprendendo e desenvolvendo nossas habilidades à medida que novas ferramentas tornam-se disponíveis”.

A qualidade dos resultados obtidos – dentro de sala de aula, no desenvolvimento de estudos de caso e de pesquisas do grupo – continua a impressionar. “A interface intuitiva da Geosoft nos ajuda a economizar tempo em tarefas rotineiras” conta Louro, “ao disponibilizar variados filtros geofísicos e acesso a outras ferramentas que são essenciais para alcançarmos os melhores resultados estendendo nossa compreensão da geofísica.”

A adoção de técnicas de processamento novas e em desenvolvimento do estado-da-arte é fundamental para os esforços de investigação da GEOLI, e essencial para resolver os desafios cada vez mais complexos e diversificados nas geociências.

Louro conclui: “Com uma base adequada em física e matemática, combinado com o uso de tecnologia disponível em plataformas como a da Geosoft, o potencial para gerar resultados significativos a partir de dados estatísticos, físicos, estruturais e matemáticos, é limitado apenas pela experiência e criatividade do usuário.”

 

Back to top